1.3.10

impulso

agora há pouco
um tema grandioso
tomou-me forte
- arrebatamento

quinze ou vinte versos depois
e a sensação que
dizê-lo todo
ser-me-ia
infinito

larguei

poesia é para temas
pequenantes
daqueles que todos já
escreveram

provavelmente agora há pouco,
alguém escreveu sobre nada
- e antes
deste ardor arder
ardeu em outro agora
a pouco
quantes?

2 comentários:

Rubens da Cunha disse...

OI Henrique

obrigado pela visita ao Casa de Paragens...

lendo aqui, estaciono na estrofe em que diz que poesia é para temas pequenantes, e surpreendo-me com verdade tão bem dita.

abraços

Anônimo disse...

eu exigo uma cópia autografada do livro que será a casa dessas palavras que, juntas, me divertem tanto!
Abração

joão Paulo

Seguidores