7.7.09

navegação

minhas costas recebem
ondas ininterruptas
navios, torpedos,
conchas rombudas.

em minhas costas
inexistem porto seguro
ou espera da amada
apenas a obscura recepção
de rochedos escarpados.

este meu litoral curvilíneo,
habitado de ouriços marinhos,
resiste manco, solitário,
às vagas, às velas, aos ventos.

minhas costas
antevêem em sua linha sinuosa -
cedendo, erodida -
um lento transformar-se
em dolorida baia.

Seguidores