31.1.12

Lavoisier Salomão

um dia desses uma veterinária
de olhos bonitos
me falou:
- o olho é como uma jabuticaba.

(tal foi o choque que entrei em estado de poesia)

falou também que o cristalino é o nosso zoom
para verde-perto e vermelhor.

...na hora saquei qual é a da fotografia.

vi também
que tudo já foi
e não há nada novo
que se invente:

criação é sempre releitura
e nossos inventores
são os capazes de apanhar
as jabuticabas
que Deus plantou.

2 comentários:

Juliane Walsh disse...

Qual fonte que secou, a sua? Tem certeza? Lindas poesias!!

Raquel Beatriz disse...

que saudade dos seus textos[


ps: de vc também......... nossa alegrou aqui :)


leve pluma leve

Seguidores